Posts Recentes
Posts Em Destaque

Diversidade no mundo do trabalho – Instituto Modo Parités promove treinamento a 80 líderes e gestore

Vieses inconscientes e seleção de pessoas com deficiência foram alguns temas abordados.

Foto de um grande grupo em uma sala da treinamento

Acessibilidade, empoderamento, diversidade. Temas como esses vêm ganhando cada vez mais notoriedade. Com o espaço de expressão criado pelas redes sociais, vozes que antes ficavam à margem agora reverberam globalmente e torna inegável a pluralidade social em que vivemos.


E no mercado de trabalho não é diferente. Pesquisas comprovam que um quadro diversificado de funcionários melhora a produtividade, o engenho criativo e a imagem das organizações. Nesse contexto, surge um desafio: Como favorecer e gerir um ambiente de trabalho aberto à diversidade?


Visando apoiar esse processo, o Instituto Modo Parités realiza treinamentos para empresas dos mais diversos segmentos. Foi o que ocorreu na última sexta-feira (11) em uma das unidades da empresa Brasilseg, situada em Franca, SP. Durante o encontro, cerca de 80 líderes e gestores da organização realizaram dinâmicas, simulações e exercícios conduzidos pela equipe do instituto, que abordaram temas como vieses inconscientes, conquista de direitos dos públicos historicamente excluídos da sociedade e seleção de pessoas com deficiência.


Integraram a equipe de consultores do instituto a publicitária Duda Schiavo, os jornalistas Lucas Borba e Luciana Trindade, a ativista LGBT Laura Prevato e os intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) Wesley Malta, David dos Santos e a design Maria Rita Oliveira. O treinamento foi ministrado por Ivone Santana, diretora executiva do Instituto Modo Parités, que trabalha com a união de interesses sociais e o valor agregado para os negócios.


Grupo de pessoas alinhadas em uma sala de treinamento

O encontro fez parte de um conjunto de ações do programa Diversidade Brasilseg, que tem como lema “A primeira impressão que fica é o respeito”. Outras ações incluem o engajamento de instituições sociais, a capacitação do RH e alta liderança, a criação de grupos de afinidade e ações afirmativas como adesão a pactos e termos de cooperação.


Segundo Ana Cecília Neves Gouvea, responsável pelo programa, as ações visam a sustentação de um ambiente de convivência com respeito mútuo como promotor da inovação e alavanca para a alta produtividade. “Temos o compromisso com a promoção da diversidade, respeito aos direitos humanos, a diferenças de qualquer natureza e repúdio a qualquer ato discriminatório.”, declara.


Ivone Santana destaca a importância de ações conjuntas entre o Instituto Modo Parités e empresas como a Brasilseg: “Em uma sociedade com um histórico de segregação tão latente, nosso treinamento tem o papel de demonstrar a gestores e líderes os benefícios do recrutamento focado na responsabilidade e na competência do profissional, independente da etnia, orientação sexual ou de ser um indivíduo com alguma deficiência. Com exemplos práticos, asseguramos que abrir as portas à diversidade não representa uma ameaça em absoluto, mas, ao contrário, apenas favorece as empresas, com ganhos para toda a sociedade.”, afirma a diretora.