Dia Mundial da Discriminação Zero


Descrição da imagem: fundo amarelo com bolinhas coloridas. no topo, do lado esquerdo, ilustração de duas borboletas nas cores do arco-íris. título: 1º de março Dia Mundial da Discriminação Zero. No canto inferior esquerdo está o logo do Instituto Modo Parités.

Por Raquel Arruda


O dia 01 de Março, intitulado como dia da Discriminação Zero, basicamente foi criado para combater o preconceito contra a população LGBTQIAP+, porque quando a doença causada pelo vírus HIV surgiu, quem contraiu foram, principalmente, homens de orientação homossexual. Para combater o preconceito é necessário conhecer, pois ainda hoje a contaminação continua acontecendo em pessoas dos mais variados comportamentos, tipos de relação e orientações. As borboletas estampadas com vários temas que remetem a diversidade de gêneros foram o símbolo escolhido pela ONU para representar a data.


Como está a situação do HIV atualmente

Segundo o site de notícias CNN, um estudo conduzido por pesquisadores dos Estados Unidos, apresentado no dia 15 de fevereiro de 2022, na Conferência sobre Retrovírus e Infecções Oportunistas, em Denver, trouxe um achado importante para a busca pela cura do HIV, vírus associado ao o desenvolvimento da Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). Uma mulher de 64 anos, nos EUA, vivendo com HIV e leucemia mieloiga aguda, que recebeu um transplante sanguíneo de células-tronco para o tratamento de leucemia, ficou livre do vírus por 14 meses após interromper o tratamento com medicamentos antirretrovirais. Os achados sugerem uma cura, de acordo com os médicos e cientistas da Weill Cornell Medicine, que realizaram o transplante.


Estatística Globais sobre o HIV

28,2 milhões de pessoas tinham acesso à terapia antirretroviral em 31 de junho de 2021.

37,7 milhões [30,2 milhões – 45,1 milhões] de pessoas no mundo inteiro estavam vivendo com HIV em 2020.

1,5 milhão [1 milhão – 2 milhões] de pessoas ficaram recentemente infectadas pelo HIV em 2020.

680 mil [480 mil – 1 milhão] de pessoas morreram de doenças relacionadas à AIDS em 2020.

79,3 milhões [55,9 milhões – 110 milhões] de pessoas foram infectadas com o HIV desde o início da epidemia.

36,3 milhões [27,2 milhões – 47,8 milhões] de pessoas morreram de doenças relacionadas à AIDS desde o início da epidemia.

Pessoas vivendo com HIV

Em 2020, havia 37,7 milhões [30,2 milhões – 45,1 milhões] de pessoas vivendo com HIV.


36 milhões [28,9 milhões – 43,2 milhões] de pessoas adultas.

1,7 milhão [1,2 milhão – 2,2 milhões] de crianças (0 a 14 anos).

53% das pessoas que vivem com HIV são mulheres e meninas.

84% [67% – >98%] de todas as pessoas vivendo com HIV conheciam seu status para HIV em 2020.

Cerca de 6,1 milhões [4,9 milhões – 7,3 milhões] de pessoas não sabiam que estavam vivendo com o HIV em 2020.


O que é HIV e por que assustou o mundo?


HIV é a sigla em inglês do vírus da imunodeficiência humana. Causador da Aids, ataca o sistema imunológico, responsável por defender o organismo de doenças. As células mais atingidas são os linfócitos T CD4+. E é alterando o DNA dessa célula que o HIV faz cópias de si mesmo. Depois de se multiplicar, rompe os linfócitos em busca de outros para continuar a infecção.

O HIV assustou o mundo e gerou muito preconceito contra a comunidade LGBTQIAP+ pois quem contraiu a doença primeiro foram homens gays.


A doença não tem cura e, na década de 90, morriam muitas pessoas. Porém as pesquisas científicas possibilitaram tratamentos cada vez mais eficazes e as pessoas portadoras de HIV podem viver uma vida saudável. Mas infelizmente ainda existe bastante preconceito e a consequência é que a discriminação tem tornado difícil o alvo do Unaids de reduzir a zero a taxa de novos contágios e mortes ligados à doença. E o dia da Discriminação Zero, é para tentar barrar ainda mais o contágio atualmente. A data, criada pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids, Unaids, em 2014, é uma oportunidade de celebrar a diversidade e rejeitar qualquer tipo de preconceito. O objetivo da criação dessa data é a informação para que todos se previnam, e a única forma de prevenir é por meio da informação.


Fontes:

News Un Org Dia da Discriminação Zero https://news.un.org/pt/tags/dia-da-discriminacao-zer

Super Abril Como Surgiu a AIDS https://super.abril.com.br/mundo-estranho/como-surgiu-a-aids/

UNAIDS estatísticas https://unaids.org.br/estatisticas/

CNN Brasil Mulher foi curada do hiv com tratamento de células tronco dizem cientistas https://www.cnnbrasil.com.br/saude/mulher-foi-curada-do-hiv-com-tratamento-de-celulas-tronco-dizem-cientistas/



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square