top of page

Dia Nacional do Orgulho Lésbico - 19 de Agosto


fundo azul com bolinhas coloridas na lateral esquerda. no topo está o logo do instituto modo parités. abaixo, duas imagens. na primeira, duas mulheres negras sorriem, uma está sentada e a outra a abraça por trás. na segunda imagem, duas mulheres brancas de cabelos grisalhos se beijam. elas usam vestido de noiva. 19 de agosto dia nacional do orgulho lésbico

Por: Raquel Paoliello


O Dia Nacional do Orgulho Lésbico foi criado em memória à uma importante manifestação de mulheres lésbicas ocorrida no Brasil em 1983.

A data de 19 de agosto ficou conhecida como o "Stonewall brasileiro” e ativistas do Grupo Ação Lésbica Feminista (Galf) ocuparam o Ferro's Bar, na cidade de São Paulo, local onde o grupo costumava frequentar, mas de onde foram expulsas pelo prorietário. O motivo da expulsão foi a distribuição de um boletim ativista das frequentadoras.


O preconceito sentido por essas mulheres trouxe visibilidade para a causa e até os dias atuais continua sendo pauta de muitas discussões importantes. A “invisibilidade lésbica” é ainda frequente. A discriminação sofrida é vista de diversas formas, desde a falta de reconhecimento das relações afetivas entre mulheres, passando pela hipersexualização dos corpos lésbicos e a negligência na área de saúde, entre outras violências.


O Brasil não possui dados precisos sobre a violência específica sofrida pelas mulheres lésbicas, o que pode dificultar ações para a quebra de paradigmas e preconceitos.

Contudo, já podemos encontrar alguns estudos acadêmicos que abordam o assunto e que podem ser utilizados para o planejamento de ações efetivas, por exemplo, o Dossiê sobre Lesbocídio no Brasil, primeiro relatório nacional sobre o tema, escrito por pesquisadoras da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e lançado em 2018, apontou que 49 mulheres foram vítimas desse tipo de violência no país. De acordo com as pesquisadoras Milena Peres, Suane Soares e Maria Dias, a lesbofobia existe como parte integrante do patriarcado.

A importância da data existe porque precisa haver respeito de todas as pessoas.


E para complementar as manifestações sobre a data do Orgulho Lésbico, temos ainda em 29 de agosto, o dia da Visibilidade Lésbica, que vem para mostrar o quanto essas mulheres ainda estão invisíveis para a sociedade. Quando falamos no movimento LGBTQIA+, as mulheres lésbicas nunca tiveram um protagonismo de fato, apesar de estarem historicamente ativas.


Independentemente da orientação sexual, todas as pessoas merecem ser respeitadas.





Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page